Oito mitos e verdades sobre a tapioca

 

Oito mitos e verdades sobre a tapioca

A tapioca vem ganhando espaço entre as pessoas que buscam uma alimentação mais saudável e aquelas que desejam manter o peso ou perdê-lo. É um alimento de fácil preparação, baixo custo e, devido à praticidade, pode ser preparado em três a cinco minutos, dependendo da escolha do recheio. Vamos falar um pouco sobre os mitos que envolvem este alimento tão querido e consumido atualmente em todo o território nacional. Confira os 8 mitos e verdades que separamos para você sobre a tapioca!

 

1. A tapioca tem glúten.
Mito. A tapioca é derivada da fécula de mandioca, que não contém glúten, por isso, pode ser consumida por diversos públicos, tais como pessoas que tenham doença celíaca, bem como intolerantes à proteína do trigo ou que façam dietas restritivas sem glúten.

 

2. A tapioca não contém nutrientes.
Mito. A tapioca apresenta diversos nutrientes, como cálcio, fósforo e potássio. O cálcio atua no crescimento e fortalecimento dos ossos e dentes. O fósforo é componente de todas as células e, também, é um importante para a saúde óssea. Já o potássio atua na regularização da pressão arterial. 

 

3. A tapioca pode ser consumida sem moderação.
Mito. A tapioca contém carboidratos de alto índice glicêmico, isso significa que a glicose vinda da tapioca é rapidamente liberada no sangue, sendo uma excelente fonte de energia, porém, quando consumida em excesso, com recheios “não saudáveis”, pode prejudicar a glicemia. Evite recheios ricos em calorias, gorduras e açúcares, dessa forma, a sua saúde agradece!

 

4. A tapioca pode ser consumida no pré-treino.
Verdade. É um ótimo alimento para ser consumido no pré-treino, pois é fonte de carboidratos simples de rápida absorção e de fácil digestão, assim, fornecendo alta quantidade de energia para ser utilizada durante o treino. Ainda pode ser combinada com banana e sementes tipo chia e linhaça.

 

5. A tapioca também pode ser consumida no pós-treino.
Verdade. No pós-treino é ideal o consumo de carboidrato para recuperação de energia, porém combinar com alimentos proteicos pode ser uma estratégia para auxiliar na recuperação muscular também. Uma dica é adicionar à receita um ovo ou somente a clara, preparando a famosa crepioca, ainda podem ser utilizados recheios com whey protein ou proteína vegetal, como patês ou até mesmo queijos e carnes magras, alimentos fontes de proteína.  

 

6. A tapioca é um alimento considerado saudável.
Verdade. Para que sua tapioca fique mais saudável é interessante que se acrescente mais fibra, pois ela possui baixa quantidade desse nutriente. Ingredientes como sementes de chia, linhaça, gergelim, aveia e frutas são ricos em fibras.

 

7. Pessoas que têm diabetes não podem consumir tapioca.
Mito. Pessoas diabéticas podem consumir a tapioca, porém, como apresenta alto índice glicêmico, o ideal é acrescentar ingredientes ricos em fibras para que não haja o aumento do índice glicêmico descompensado. Pode ser servida com cereais integrais, leguminosas e sementes fontes de fibras.
    
8. Recheios e molhos prontos são ideais para utilizar na tapioca.
Mito. O ideal é priorizar alimentos in natura, tais como legumes, verduras, carnes, ou ingredientes minimamente processados, como queijos e ricota. Quanto mais natural for seu recheio, melhor, pois estará livre de aditivos químicos como corantes e conservantes, que podem provocar malefícios à saúde se ingeridos com alta frequência.  
 

Please reload

DESENVOLVIDO POR: