Conheça os diferentes tipos de farinhas sem glúten

 

A farinha de trigo é amplamente conhecida e utilizada no preparo de muitas receitas, mas existem opções de substituição para aqueles que optaram por retirar o glúten da dieta, intolerantes ao glúten e celíacos.As farinhas sem glúten, proteína encontrada em alimentos à base de trigo, centeio, cevada, aveia e malte, vêm conquistando o mercado e são excelentes para adaptar receitas tradicionais, assim, tornando-as glúten . A BeijuBom lhe apresenta os diferentes tipos de farinha sem glúten, confira!

 

Farinha de arroz

A farinha de arroz, seja na versão branca ou integral, é uma excelente opção para substituir a farinha de trigo em qualquer receita, já que não apresenta sabor acentuado. Ambas contêm baixo índice glicêmico; e a integral conta com um ótimo teor de fibras, que, além de serem benéficas para a saúde intestinal, prolongam a saciedade, evitando o consumo exagerado de outros alimentos, assim, ajudando a manter a boa forma.

 

Farinha de coco

Obtida a partir da polpa seca do coco, a farinha preserva as propriedades da fruta. Apresenta em sua composição gorduras de digestão mais rápida e que são estocadas pelo organismo de maneira menos eficiente. Além disso, tem uma boa quantidade de fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e auxiliam na redução dos níveis de colesterol. Experimente acrescentar ao preparo de bolos sem glúten.

 

Farinha de berinjela

Aliada do emagrecimento saudável, a farinha de berinjela é pouco calórica, pobre em gorduras e tem uma boa quantidade de fibras, que promovem saciedade, auxiliam na redução de gordura corporal e controlam a compulsão por doces, além de contribuírem para a redução do colesterol. Acrescente nos sucos e iogurtes ou inclua no preparo de pães sem glúten.

 

Fécula de mandioca ou polvilho

A fécula de mandioca, mais conhecida como polvilho doce, é muito utilizada na culinária de forma semelhante ao amido no preparo de biscoitos, pães sem glúten e pão de queijo, podendo, também, ser utilizada para espessar molhos e mingaus. É uma excelente fonte de carboidratos, responsáveis pelo fornecimento de energia, e apresenta um custo menor do que outros amidos. Experimente o polvilho doce BeijuBom!

Please reload

DESENVOLVIDO POR: